domingo, julho 14, 2013

UM HOMEM NOVO

"Tenho coração mole, sangue quente e insisto na mania de acreditar em sonhos, finais felizes e pessoas sinceras"

Decididamente, os outros nunca serão como nós gostaríamos que fossem, são igualmente imperfeitos e também plenos de sonhos , cujo final feliz é diferente do nosso. 


A sinceridade é corrompida sem percepção pelo estatuto social e realidades acomodadas em nosso intimo, pela normalidade com que as vivemos. 


A verdade a aceitar é o caminho de crescimento pessoal e evolução interior. Na essência somos iguais o que nos distingue verdadeiramente são os valores humanos e a coragem para os fazer triunfar.


Somos o que repetidamente fazemos, não o que dizemos e pensam e dizem a nosso respeito.