Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2010

As vozes, os beijos...e a distância (reedição)

Ah...
Como senti em mim
Os dedos de tua voz acarinhar
E percorrer minha pele e deixá-la
A cada instante mais arrepiada.

Ah...
Como senti em mim
A intensidade das palavras que
Deliberadamente não disseste e
Permitiste a imaginação percorrer.

Ah...
Como senti em mim
O galopar de teu peito e
Fazer-me esquecer o frio que
Teimava invadir-me naquela noite fria.

Ah...
Como senti em mim
Doces ondas de calor despir
E criar novelos e teias de Amor
Que te procuravam sem encontrar.

Ah...
Como senti em mim
O convite silencioso e mordaz
Para encontrar-te e tornar
Vivo este ímpeto de Amar.

Ah...
Como senti em mim
Tão grande ausência que só
A tua chama pode fazer inundar
Em mim teu calor e arrebatar.

Ah...
Em mim, em tí...em nós !!!