Cadeia de Literatura

Foi com enorme surpresa que li o convite da Pecola ao qual procurarei corresponder com lucidez, permitindo que os meus interesses “livrescos” possam revelar um pouco mais sobre a minha “militância” civil.
Sinto-me lisonjeado pelo facto do convite partir de alguém que admiro pela lucidez, clareza, cultura, bom humor, frontalidade e brilhante escrita.


Cadeia De Literatura Posted by Hello



P - Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?

R – “ Stranger in a Strange Land” , a versão original editada em 1992 (após a morte de Robert A Heinlein), uma vez que a 1.ª edição foi alterada por imposição do editor, devido às cenas de sexo . O idealismo, a condição humana, a forma como as pessoas se relacionam, a hipocrisia, a política e tudo o que diz respeito ao homem e o meio são preocupações que tenho e sempre tive, este livro permite-me acreditar que seremos capazes de transformar. (…)

P - Já alguma vez ficaste apanhadinha(o) por um personagem de ficção?

R – Não . Regra geral o que me arrebata são os ideais e a trama.

P - Qual foi o último livro que compraste?

R – “As Deusas em Cada Mulher – A Deusa Interior” de Jean Shinoda Bolen . Ao mesmo tempo que procuro conhecer-me e compreender-me não esqueço que Elas são para mim uma fonte de vida e esperança, pelo que procuro também conhecer e compreendê-las melhor.

P - Qual o último livro que leste?

R – Voltei a ler “Um estranho em uma terra estranha” .E li de Ana Tortajada “ O grito silenciado”.

P - Que livros estás a ler?

R – “As Deusas em Cada Mulher – A Deusa Interior” de Jean Shinoda Bolen.

P - Que livros (5) levarias para uma ilha deserta?

R – Um livro em branco ; Um livro de poesia (com vários autores); Um livro de ficção (não cientifica); Um livro de Psicologia Humana e Um livro de História Universal .

P - A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e porquê?

Eu gostaria de o passar a duas pessoas que se encontram numa espécie de retiro sabático, e por respeito à opção de retiro temporário não o farei, no entanto de forma discreta o repto também lhes é endereçado .

Assim irei passar este testemunho a três pessoas igualmente especiais:

- Ao meu amigo Luís Pereira , a quem prometi incomodar alguns dias atrás. Com quem costumo manter agudas palavras sobre política, a quem reconheço a necessária clareza e astúcia para dialogar sobre estas coisas.

- À muito especial Cakau, cujas palavras encantam e mensagens tocam com profundidade.Dotada de uma sensibilidade e elegância estética tocantes.Espero perceber melhor em que literatura mergulha.

- À Elma que é uma autêntica caixinha de surpresas. Revela bom humor, astúcia e muita capacidade crítica.

Comentários

Cakau disse…
Querido Carlos,

Responderei com o maior prazer. Mas aviso, desde já, que só o farei amanhã ou segunda, porque ainda estou a gozar o meu momento de "renascer" e a prolongá-lo um bocadinho mais. (A criança grita em mim! :))

Senti-me lisonjeada!

Beijinho terno *
Luis Pereira disse…
Caríssimo amigo,

por esta não estava à espera.

Depois de um fecho de ano contabilístico, não me sinto com a necessária frescura de espirito para responder adequadamente ao desafio.

Prometo responder no meu blogue muito brevemente.

Aproveito para agradecer as palavras tão simpáticas a meu respeito, as quais retribuo a dobrar. Afinal, foi o Carlos Alberto que me iniciou nestas lides, onde tenho descoberto um mundo que desconhecia.

Mais uma vez, OBRIGADO.
Pecola disse…
;) Eu bem sabia que ainda ia ficar mais surpreendida.. :) Do Heinlein só li "Farnham's Freehold", mas deixaste.me curiosa. Lá para Agosto é mais um dos que quero ter tempo para ler.. :)

Um excelente domingo! :)
NeVaEh disse…
Fiquei surpreendida pelo desafio... E já o aceitei e concluí ;) ***
Cakau disse…
Olá :) Vim trazer um beijinho *

Hoje vou passar o dia em casa, entre leituras e televisão.
A chuva não me quer deixar sair e ainda bem. Vou ter tempo para mim; para voar por aí ;)

Muah *
Marian disse…
Tambem vale a pena investir tempo em "Os Deuses Em Cada Homem" da Jean Shinoda Bolen...
O que mais gostei do R.Heinlein foi o "Estranho à Terra"
Abraço

Mensagens populares deste blogue

O tempo e os tempos

Ondas sonoras a metro na cidade