Black Out

Busquei,
por entre verdes esperanças
uma luz, que me iluminasse
encontrei, os olhos seus !
Límpidos, cristalinos e belos
se despedindo de nossa mesa.

Parei,
no tempo, na imagem suave
do rosto, esculpidos com afeto
e ternura,
tão delicados seus traços...e , parei !

Não sei, ainda não sei...
Talvez timidez e vergonha, mas
hei-de mais observar e
melhor detalhar... os seus detalhes !

Carlos Urbano de Sant' Ana
Belo Horizonte 1993

Comentários

MONALISA disse…
Admiro as tuas escolhas. Não conhecia este poeta e só te posso agradecer o facto de me permitires conhecer. Muito bom.
Beijos.

Mensagens populares deste blogue

O tempo e os tempos