DORMI

Estendido, na esteira da vida
encontrei o sonho perdido
e nela escalei, para voar
de encontro ao Mundo !

Sentí as pernas,
braços e mente saindo,
e do brilho de seus olhos
extraí , a vaidade e o calor,
para assim me misturar
com suavidade em seu corpo e
toda a sua transparência.

Quando finalmente conseguira,
eis que os sentidos se desligaram
e toda a realidade se embarcou
pra longe, longe de mim !!!

Carlos Urbano de San't Ana
Montes Claros 19/09/1993

Comentários

MONALISA disse…
Vim ler o poema que puseste de deixar um beijinho.

Mensagens populares deste blogue

O tempo e os tempos

Ondas sonoras a metro na cidade